Quem não quer ter um abdômen firme e definido?!

Com certeza todos nós. Acredite é possível! Mas antes das dicas de treino, vamos esclarecer alguns mitos sobre o abdômen e os abdominais:

MITO- Quanto mais abdominais, melhor!

Não  é bem por aí… Aqueles que fazem centenas de abdominais todos os dias, pensando que quanto mais, melhor, estão enganados. O abdômen é um músculo como qualquer outro e por isso não deve ser treinado todos os dias, ele também merece seu descanso, como os demais. Lembre-se que o músculo se fortalece no descanso e por isso devemos respeitar seu intervalo de recuperação. Porém, o abdômen possui uma característica peculiar, ele se recupera mais rapidamente que outros músculos, devido à sua composição de fibras musculares e por ser um músculo postural. Ainda assim, não devemos treiná-lo todos os dias. O máximo permitido seria realizar abdominais em dias alternados (dia sim, dia não…). E quando for o dia,  não há necessidade de realizar 500 abdominais!
Bastam algumas séries com a execução correta e a carga adequada.

VERDADE –  Abdominal não tira a barriga…

Você  já deve ter ouvido esta frase algumas vezes na academia… E infelizmente ela tem um fundo de verdade! Vamos explicar o que ocorre: Quando você faz abdominais, está fortalecendo e tonificando a musculatura do abdômen. Porém, a camada de gordura que está sobre a musculatura, vai continuar lá encobrindo todos os ventres (gominhos) do seu abdômen. A única maneira que existe de “afinar” esta camada de gordura é emagrecendo. Quando você emagrece, perde gordura do corpo em geral, inclusive a gordura abdominal - o que permite com que você possa visualizar melhor os gominhos do seu abdômen! Isso é o que chamamos de definição muscular.

Quando falamos em emagrecer, estamos falando em gerar um balanço calórico negativo. Ou seja, gastar mais calorias do que se come ou comer menos calorias do que se gasta. É simples e matemático! Mas para que isso ocorra, é preciso ter uma alimentação saudável e balanceada. Fique atento!

 
DICA DE TREINO – Nas academias existem muitas pessoas que têm o hábito de realizar abdominais diariamente no término dos treinos. Não siga a maioria… Procure fazer abdominais no máximo 3 vezes por semana e em dias alternados. É fundamental respeitar o intervalo de recuperação muscular para que haja resposta ao estímulo. Mas, além disso, temos que considerar as duas formas diferentes de se treinar abdômen:

1) Para aumentar os “gominhos”: O abdômen, por fazer a flexão da coluna, tem um formato peculiar, sendo dividido em vários ventres (gominhos). Quando esses gominhos sobressaem, dão ao abdômen o famoso aspecto de tanquinho. Para aumentar o volume (hipertrofiar) dos gominhos é necessário fazer um trabalho clássico de hipertrofia, no qual deve se trabalhar com um volume de repetições baixo (de 8 à 12 repetições) e com uma carga alta. Exemplo: Realizar 4 séries de 10 repetições na máquina com a carga máxima. Considerando que a carga máxima permite que as 10 repetições sejam concluídas com a execução correta, porém com grande sacrifício.

2) Para enrijecer e tonificar: Este geralmente é o tipo de treino que as mulheres preferem. O objetivo não é aumentar o volume dos gominhos para ficar com o abdômen parecendo um tanquinho, mas apenas deixar o abdômen chapado, rígido e tonificado. Para se obter este resultado é preciso treinar com um volume de repetições mais alto (de 15 à 20 repetições) e uma carga moderada. Exemplo: Realizar 4 séries de 20 repetições no solo com carga moderada. Considerando que a carga moderada permite com que as 20 repetições sejam concluídas com a execução correta, numa intensidade moderada.
Muito bem, dica de treino dada, agora é hora de colocar em prática!
Mãos à obra e bons treinos!
Profa. Grazi Leite

Retweet this post